Ditadura: Cuba prendeu 150 manifestantes durante revolta contra comunismo

Ao menos uma pessoa teve a morte confirmada após o início das agressões policias na ditadura socialista

(Foto: Agência Brasil)

De acordo com informações da ONG Human Rights Watch, a ditadura de Cuba prendeu ao menos 150 manifestantes desde o início dos protestos no país. A ilha caribenha enfrenta a maior manifestação de sua história contra o comunismo.

Os protestos se iniciaram no último domingo (11), se estendendo durante os demais dias da semana, até agora.

Ainda de acordo com a ONG, ao menos uma pessoa morreu por agressões policias. No momento, o governo cubano mantém também um cadastro com o nome dos revoltosos contra a ditadura.

Polícia na rua

Desde o início da manifestação, o estado cubano mantém forte presença policial na rua para intimidar os manifestantes.

Horas depois da manifestação, o sinal de internet da ilha também foi cortado e os revoltosos começaram a ser presos em casa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAprovação recorde
Próximo artigoO Pódio também é para a mulher