Disque Denúncia oferece R$ 1 mil por informações sobre “Dr Bumbum”

Mãe e filho são apontados como os principais envolvidos na morte da cuiabana Lilian Calixto

(Foto: Divulgação/ Disque Denúncia)

O Disque Denúncia divulgou, nesta quarta-feira (18), um cartaz oferecendo uma recompensa de R$ 1 mil para quem der informações que possam levar às prisões de Denis César Barros Furtado, conhecido como “Doutor Bumbum”, e de sua mãe Maria de Fátima Barros Furtado. Mãe e filho são apontados como os principais envolvidos na morte da cuiabana Lilian Calixto, de 46 anos, que morreu no domingo (15), após se submeter a um procedimento estético nos glúteos com o médico.

Conhecido como “Doutor Bumbum”, Denis é médico integrativo com pós-graduação em dermatologia, mas o médico não tinha autorização do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) para atuar no estado. O procedimento que Denis havia realizado também não é permitido pois não faz uso dos materiais corretos autorizados pela Anvisa e Ministério da Saúde.

O médico ainda possui uma extensa ficha criminal com oito passagens pela polícia uma delas por homicídio, em 1997, além de porte ilegal de arma, crime contra administração pública, exercício arbitrário das próprias razões, ameaça e duas por resistência à prisão e violação de domicílio.

Recompensa

A recompensa no valor de R$ 1 mil será paga a quem der qualquer informação sobre a localização dos dois através dos seguintes canais: WhatsApp ou Telegram do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia: (21) 2253-1177 ou pela página do Facebook.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMesa Diretora da Câmara decide em agosto se Maluf deve perder mandato
Próximo artigoA poucos dias do desligamento analógico, 3 Américas recebe ‘Feirão Digital’