Disputa para comandar Ministério Público Estadual está entre dois promotores

Eleição está marcada marcada para 14 de dezembro

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A disputa para o cargo de procurador-geral de Justiça para os próximos dois anos (2019 e 2020) está entre os promotores Mauro Curvo, que concorre à reeleição, e José Antonio Borges. No dia 14 vai haver eleição para definir a ordem do mais votado.

Após a eleição, a lista com os dois nomes será enviada para o governador do Estado, no primeiro dia útil de 2019. A prerrogativa da escolha do novo procurador-geral será, portanto, de Mauro Mendes (DEM), que já terá sido empossado no cargo de governador.

O democrata terá 15 dias para escolher quem irá comandar o Ministério Público Estadual pelo próximo biênio.

Nos bastidores há rumores de que o atual procurador-geral de Justiça seja reconduzido ao cargo. Nos últimos 20 anos apenas o procurador-geral Luiz Eduardo Jacob não foi reeleito.

A escolha dos candidatos que compõem a lista com dois nomes está marcada para 14 de dezembro, das 12h às 17h, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça.

Conforme o edital, poderiam se candidatar ao cargo os membros do Ministério Público que tenham no mínimo 35 anos de idade, na data da posse, e dez anos de efetivo exercício no Ministério Público.

Todos os membros do MP que estejam no efetivo exercício das funções estão aptos a votar.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.