Disparos ilegais

TSE já registrou mais de mil denúncias sobre disparo em massa de candidaturas pela rede social

(Foto: Reprodução/Internet)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que já recebeu 1.037 denúncias de disparos em massa de mensagens pelo WhatsApp. As contas criadas no aplicativo são suspeitas de disseminar conteúdos falsos durante as eleições municipais.  

As denúncias foram recebidas entre 27 de setembro e 26 de outubro.  

Após passarem por um processo de checagem, 17 foram descartadas por não estarem relacionadas com as eleições. Foram enviadas para providências da plataforma 1.020 denúncias, que realizou o banimento de 256 contas.  

Os números fazem parte dos primeiros resultados da parceria entre o TSE e a empresa para combater às “fakenews” durante a campanha eleitoral. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProblema antigo: o que Cuiabá tem que fazer para a saúde pública funcionar?
Próximo artigoDelegado é acusado por oficial da PM de ameaçá-lo em base militar