Dia Livre de Impostos: campanha reflete insatisfação do consumidor

Ação será no dia 27 de maio e visa conscientizar a população sobre a alta carga tributária paga no Brasil

Foto: Assessoria

Acontece no próximo dia 27 de maio, em cidades de Mato Grosso e de todo Brasil, mais uma edição Nacional do Dia Livre de Impostos, que visa à conscientização da população sobre o quanto ela paga de impostos sobre produtos e serviços. Na capital mato-grossense, a coordenação da ação é da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá).

“O Dia Livre de Impostos nasceu para manifestar a insatisfação do brasileiro com a tributação abusiva que limita o poder de consumo da população, além de servir de freio para o crescimento econômico do país. Essa ação é fundamental para que a população compreenda toda a tributação que os produtos e serviços consumidos por nós sofrem. Por isso, fazemos questão de deixar bem claro que não é desconto, e sim, o valor do imposto abatido no produto, mostrar o quanto é alta a carga tributária, o quanto a população paga de impostos. A reflexão que fica é também referente ao retorno destes tributos para a vida do cidadão”, esclareceu o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja.

Em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada imposto. E está em último como país que melhor retorna o dinheiro para a população.

“O brasileiro trabalha em média 153 dias (5 meses) por ano só para pagar impostos. Apenas nos setores de Maquiagem e Eletrônicos as cargas tributárias são de 58% e 43%, respectivamente”, comentou Granja.

Conforme o superintendente, através do DLI os consumidores saberão quanto ao real impacto dos impostos em suas vidas. “Com a ação, também aumentamos o seu poder de consumo por um dia”.

Para participar

Para participar da ação, o empresário poderá entrar em contato com a CDL Cuiabá para assinar um termo. Após a assinatura, receberá um kit impresso com cartazes de identificação da campanha, além de ter o cadastro efetivado no portal oficial www.dialivredeimpostos.com.br e demais materiais on-line.

“A expectativa é termos mais de 5 mil empresas participando em todo Brasil, sendo aproximadamente 400 só de Mato Grosso. Importante apenas reforçar que trata-se de uma campanha de conscientização e não de liquidação com alguns produtos e/ou serviços disponibilizados pelas empresas devidamente cadastradas”, finalizou o superintendente.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPresidente do Senado recebe primeira dose da vacina contra a covid-19
Próximo artigoExpediente interno do MPE será retomado de forma presencial em 67 municípios