Dia das Crianças: comércio aposta no FGTS e prevê aumento de 4,4% nas compras

Em Cuiabá e Várzea Grande, as lojas vão abrir normalmente no feriado

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Em Mato Grosso, o Dia das Crianças deve representar um aumento nas vendas de até 4,4%. Isso em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) indica que eletrônicos e brinquedos devem ser os produtos mais procurados pelos clientes.

Alta esperada para a comercialização desses itens é de 8,2%.

Em seguida aparecem as roupas e calçados, tendo uma expectativa de crescimento na vendas de 4,5%, em relação a 2018.

Para Junior Macagnam, líder do Sindicato do Comércio Varejista de Calçados e Couros do Estado de Mato Grosso (Sincalco/MT), o principal fator que aponta para esta alta do mercado é o crescimento da economia nos últimos meses, mesmo que de forma lenta.

Ele acredita ainda que a liberação, por parte do governo federal, de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) também pode “incentivar” o consumo.

Comércio aberto

A data é considerada a terceira mais importante no calendário do comércio no país. Perde somente para o Natal e Dia das Mães.

Pensando nisso, a Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC) decidiu autorizar o comércio da Capital e de Várzea Grande (Região Metropolitana) a funcionar normalmente.

Em regra, as lojas não abririam no sábado (12) por se tratar também do feriado nacional dedicado a Nossa Senhora Aparecida.

A decisão foi acordada entre o Sindicato dos Comerciários e entidades de representação patronal do comércio, na Convenção Coletiva 2019. A jornada de trabalho do empregado, entretanto, precisará ser compensada com folga ou paga pelo empregador.

“O Dia das Crianças representa a segunda melhor data para o comércio faturar em vendas de brinquedos e roupas, então é importante funcionar, até mesmo para auxiliar aqueles consumidores que precisam na última hora adquirir um produto”, afirma o presidente da ACC, Jonas Alves.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS