Detetive é denunciado ao tentar extorquir homem com fotos dele em zona de prostituição

Ele cobrou R$ 4 mil para não entregar fotos para a esposa da vítima

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 59 anos procurou a polícia nessa segunda-feira (19) para denunciar que está sendo vítima de extorsão feita por um suposto detetive particular.

Segundo relato da vítima, após dar carona para uma conhecida até o Zero KM, zona de prostituição em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), sua esposa recebeu uma ligação dizendo que ele havia batido o veículo.

Na ligação, a pessoa questionou e pressionou a esposa para conseguir mais informações. Logo depois, foi a vez de o marido receber uma ligação.

Com o homem, o indivíduo disse ser um detetive particular e que entregaria tudo que tinha de provas contra ele, como fotos dele deixando a mulher no Zero KM, para a mulher dele, a menos que recebesse R$ 4 mil.

Porém, ao invés de cair da chantagem, a vítima resolveu procurar a polícia e denunciar o suspeito, registrando um boletim de ocorrência por extorsão.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEleições 2020: saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos
Próximo artigoPedreiro sofre descarga elétrica ao encostar vergalhão em fio de alta tensão