Desvio na rota

Sem garantia de que PRB estará ao lado de Taques, Max e Suelme desistem de filiação

A filiação do deputado federal Adilton Sachetti ao PRB desviou o partido da trajetória que tinha sido traçada: uma rota direta para os braços do governador Pedro Taques (PSDB). Sob a liderança de Sachetti, as negociações de Taques com o PRB voltam à estaca zero. Desse modo, não há mais a certeza de que o partido continuará na coligação do tucano em sua provável campanha pela reeleição.

O chefe da Casa Civil, Max Russi, e o secretário de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes (ambos dissidentes do PSB), já haviam acertado tudo para se filiar ao PRB. Com a mudança de rumo, porém, eles reviram os planos e agora buscam outros partidos. Os dois querem garantias de que seguirão no arco de alianças de Taques.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFHC e a bancada
Próximo artigoMoeda de troca