(Des)União Brasil

Júlio Campos nega assumir comando de grupo, suspende pré-candidatura a deputado estadual e critica fusão

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O ex-governador de Mato Grosso Júlio Campos suspendeu sua pré-candidatura a deputado estadual por causa da fusão entre os partidos DEM e PSL, que resultou no “União Brasil”. Ele disse que a junção dos partidos cria um novo quadro de filiados e, consequentemente, de candidatos. 

Júlio se colocou na fila dos políticos insatisfeitos com a fusão e não descartou sair do novo partido. Ele criticou a maneira como o DEM se encaminhou para a fusão, sem comunicação com as lideranças nos Estados.  

“Eu acho que é um partido que nasce dividido. Foi um erro grave do ACM Neto (presidente nacional do DEM) tomar essa decisão. Nunca fez um telefonema ou mandou um comunicado para nós, os fundadores do Democratas”, disse. 

O ex-governador acrescentou que tem procurado se manter distante das decisões do novo grupo descartando, por exemplo, a possibilidade de assumir o comando em Mato Grosso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. DATA VENIA à sua experiencia e ao seu histórico politico em nosso Estado, é preciso entender que a politica tem se renovado, tem sido mais dinâmica, novos conceitos e novas tendências convergidas para esse novo modelo de democracia. Politicamente falando, o eleitorado renovou, novos eleitores estão indo às urnas, e toda vez que o Senhor torna público esses seus pensamentos, seus posicionamentos condicionando as novas lideranças à condição de subservientes do “comando” politico partidário, reafirma aos novos eleitores e para toda a população, a “pexa” de que a sua politica é arcaica, coronélista e fora dos padrões desse novo momento e novo modelo de politica que todos querem.
    Sugiro ao Senhor, como grande pensador politico que é, eximio orador, dono de um curriculum invejável, e um orgulho cultural e histórico para nós mato-grossenses, que repense seu posicionamento e posição politica, renove, reinvente, faça algo diferente, mas dê sua contribuição para nossa politica, não como dono de mandato ou presidente de sigla partidária… (Para mais detalhes, me contrate que lhe prestarei consultoria).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Quem aqui já foi a Dubai?”, questiona Dória em cidade do interior da Paraíba
Próximo artigoVilla Gourmet: Cuiabá ganha novo empório e buffet com decoração ‘instagramável’