Desmatamento da Amazônia em MT aumenta 126%, diz Inpe

Dados levam em consideração a área desmatada nos três primeiros meses de 2020

Foto: Reprodução/Ibama

O desmatamento da porção da Floresta Amazônica que fica em Mato Grosso cresceu nos três primeiros meses de 2020. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento de 126%.

Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Ao todo, a área desmatada da Amazônia nos três primeiros meses de 2020 aumentou 51,4%, se comparado ao ano de 2019.

O estado do Pará é o recordista, com um aumento de 343%. Apenas Roraima registrou redução no desmatamento, com queda de 68% se comparado ao ano passado.

Com a maioria da atenção do governo voltada ao combate do coronavírus algumas pessoas aproveitam para praticar atos criminosos contra a floresta.

LEIA TAMBÉM

Segundo o professor Pedro Luiz Côrtes, da Universidade de São Paulo (USP), os números de 2020 são ainda mais preocupante do que ocorreu no ano passado.

O aumento significativo do desmatamento, comenta o professor, aliado à pandemia de coronavírus, poderá trazer grande impacto negativo ao mercado brasileiro.

A projeção do cenário leva em consideração a comoção já ocorrida no ano passado quando países que se mostraram preocupados com a situação da Amazônia.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Esse e um dos noticiarios tipicos de imprensa marron. Pq nao informa se e ilegal ou nao? Pq se for legal nada a ver essa noticia . Ela é tendenciosa a quem nao quer que o brasil avance. Acordem ou melhor coloquem as informacoes corretas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIdoso não aguenta cheiro de maconha e vai à casa do vizinho para matá-lo
Próximo artigoCoronavírus: testes rápidos podem gerar falsa sensação de segurança