Desemprego sobe ainda mais e alcança quase 15 milhões de brasileiros

Medidas de isolamento social podem ter impulsionado o desemprego, que tem a maior alta desde 2012

(Foto: Repodução/Internet)

Dados divulgados nesta quinta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram que o índice de desemprego no Brasil continua subindo.

Segundo a pesquisa, a parcela de desempregados no Brasil atingiu a marca de 14,7% da população ainda no primeiro trimestre de 2021. No total, são 14,8 milhões de desempregados.

Relação de desemprego e isolamento social 

Desde o inicio das medidas restritivas, o Brasil viu os números de desemprego crescerem em passos largos. Ainda segundo os pesquisadores, os estados que mais adotaram o isolamento foram onde o número de desempregados mais avançou.

Em setembro do ano passado, o LIVRE noticiou quando o desemprego alcançou a marca de 13,1 milhões de pessoas. Desde então, o desemprego continuou crescendo.

Quase 15 milhões de desempregados 

Com um montante de 14,8 milhões de desempregados por todo Brasil, o país chega a estar próximo da marca de 15 milhões de desempregados.

De acordo com o IBGE, esse é o maior número de desempregados dos últimos 10 anos.

Leia também

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso por maus-tratos a animais e três cães são resgatados em Cuiabá
Próximo artigo“Devemos alcançar brevemente 100 milhões de doses distribuídas”, diz Bolsonaro sobre vacinação