|terça, 13 novembro 2018

Deputados votaram contas com promessa de receber R$ 6 milhões em emendas

Botelho informou que dívida total de emendas impositivas está em R$ 250 milhões

COMPARTILHECOMPARTILHE

Os deputados estaduais aceitaram a promessa do governo de pagar R$ 6 milhões em emendas nos próximos 15 dias e destravaram a votação das contas as contas de 2016 do governador Pedro Taques (PSDB), que foram aprovadas na noite de quarta-feira (6). A votação foi feita com seis meses de atraso, pois os deputados pressionavam pelo pagamento das emendas e atendimento de indicações.

O acordo foi feito em reunião entre deputados da base aliada e os secretários de Fazenda, Rogério Gallo, e do Gabinete de Governo, Domingos Sávio, segundo informou o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM). Botelho informou que a dívida total de emendas impositivas está em torno de R$ 250 milhões.

“As emendas não vão mais ser pagas, mesmo”, admitiu. “Não tem mais como pagar tudo, mas pode pagar pelo menos parcialmente. Os secretários prometeram pagar uns R$ 6 milhões até o dia 15 desse mês e depois liberar semanalmente alguma coisa. Vão mostrar a situação da arrecadação ponto a ponto e discutir”, explicou.

O presidente destacou a “boa vontade dos deputados” em aprovar projetos de interesse do governo, mesmo com as dívidas que o Poder Executivo acumula com o Legislativo. “Garantido mesmo é só R$ 6 milhões. Na verdade, não houve muito avanço. Houve mais boa vontade dos deputados do que avanço por parte do governo. Para quem deve R$ 240 milhões, não é muita coisa, mas é uma sinalização que está disposto a conversar e os deputados estão dando esse crédito para o governo”, disse.

Botelho lembrou que, em 2017, além de pagar poucas emendas, o governo ainda atrasou repasses dos duodécimos da Assembleia. “No ano passado não houve pagamento de nada, nem duodécimo não foi certo, e a Assembleia manteve firme com o governo, votando PEC, votando RGA, negociando tudo para ajudar o governo. E agora, mais uma vez Assembleia está dando esse crédito para que o governo pague. Nem estamos cobrando que ele pague R$ 200 milhões que deve de emendas, mas que pague alguma coisa”, concluiu.

COMENTÁRIOS

  1. É uma vergonha as ações destes deputados e governador. O toma lá da cá e´visível e não se envergonham disso. “Você aprova as contas e eu libero as emendas”. Dá vergonha de ser brasileiro, de ser do Mato grosso. Senhores deputados vocês são piores que os declaradamente bandido que estão presos ou foragidos, vocês são a pior raça, uma escória que aparecem como bonzinhos para roubar. Vocês vão pagar cara esta safadeza.

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Cuiabá sedia maior evento de sustentabilidade da América e entra para a agenda mundial 
Piloto que sobreviveu a queda de avião passa por cirurgias diárias para tratar queimaduras
“Não se faz omelete sem quebrar os ovos”, diz Emanuel sobre obras de saneamento
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Gilmar Fabris pede para condenação ser suspensa e STJ nega
Servidores vão parar por um dia em protesto pelo não pagamento da RGA
Eumar Novacki é convidado para assumir Casa Civil do Distrito Federal
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Leilão Nelore Água Fria em Marabá oferta 100 touros PO e 5 mil bezerros
Tereza Cristina tem encontro com Bolsonaro e almoço com deputados
Farm Show comemora recordes e se prepara para 2019
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Cinemark estreia documentário sobre a banda Coldplay em sessão única nesta 4ª
No Carnaval 2019, Bode do Karuá cantará os 300 anos de Cuiabá e duas décadas de samba
Mostra de Cinema Negro anuncia premiados na 3ª edição; mato-grossense está na lista!
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Agricultura deverá assumir pesca, pequenos produtores e Incra
Bolsonaro vai manter Trabalho com status de ministério
Reveillon 2019: cuiabanos organizam excursão para assistir a posse de Bolsonaro
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Últimos dias para inscrição em concurso com salário de até R$ 18 mil; veja oportunidades
Concurso público: MT tem mais de duas mil vagas; salários chegam a R$ 18 mil
Termina neste domingo inscrição para concurso da Prefeitura; salários chegam a R$ 5 mil
X