Deputados reeleitos se articulam para eleição da Mesa Diretora da Assembleia

Atual presidente, Eduardo Botelho, pode tentar recondução ao cargo

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Logo depois de garantir a reeleição, diversos deputados estaduais já começaram a se articular para a disputa da Mesa Diretora que comandará a Assembleia Legislativa nos anos de 2019 e 2020. A eleição será em 1º de fevereiro de 2019, quando a nova legislatura toma posse.

Em entrevista nesta quarta-feira (10), o atual presidente, Eduardo Botelho (DEM), e Dilmar Dal’Bosco (DEM), disseram que têm intenção de participar da direção da Casa de Leis no próximo biênio. Nos bastidores, também se articulam Janaina Riva (MDB), Guilherme Maluf (PSDB), Ondanir Bortolini “Nininho” (PSD) e Max Russi (PSB).

“Não sei ainda. Tem que ver os que estão aqui pensam de mim. Não sei o que estão entrando pensam de mim. Se eu ver que existe uma sinalização positiva, acredito que vou me candidatar [a presidente]”, disse Botelho à imprensa, nesta quarta-feira (10). “A eleição é em 1º de fevereiro, temos quase quatro meses até lá. É um período de conhecer os parceiros, conversar e depois ver se há essa possibilidade.”

Dilmar Dal’Bosco também avalia entrar na disputa. “Semana que vem vou me dedicar a avaliar isso, porque já tem quatro ou cinco pretendentes”, observou. Questionado se apoiaria a recondução de Botelho à presidência, ele citou que há outras opções a serem levadas em consideração. “Não podemos tornar reinado. Temos que analisar e levar em conta que temos 14 novos deputados. Então vai ter que ter uma conversa muito boa, um entendimento”, disse.

A Mesa atual é composta por Botelho na presidência, Gilmar Fabris (PSD) na 1ª vice-presidência, Max Russi (PSB) na 2ª vice-presidência, Guilherme Maluf na 1ª secretaria, Nininho na 2ª secretaria, Baiano Filho na 3ª secretaria e Silvano Amaral na 4ª secretaria.

Dos 24 deputados, 20 foram candidatos à reeleição. Desses, apenas 10 se reelegeram, chegando a um índice de renovação de 58%.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBancada feminina cresce e chega a 15% da Câmara Federal
Próximo artigoHaddad diz que porta está aberta para FHC mesmo que ele seja oposição