Deputados estaduais tomam posse e elegem novo presidente da ALMT

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Os 24 deputados estaduais de Mato Grosso, sendo 10 reeleitos e 14 novos, acabaram de ser empossados na solenidade que ocorre no teatro Zulmira Canavarros, anexo à Assembleia Legislativa. A eleição da Mesa Diretora será realizada ainda na manhã desta sexta-feira (1º), no plenário, depois da cerimônia de posse.

Os deputados que tentaram concorrer com Eduardo Botelho (DEM) pela presidência da Assembleia Legislativa não conseguiram se articular e desistiram de montar uma chapa de oposição. Xuxu Dal Molin (PSC) afirmou que a intenção era emplacar um projeto de gestão inovadora na Assembleia, mas não houve apoio suficiente. Para montar uma chapa, é preciso sete parlamentares.

“Tentamos unir todo mundo em torno de um projeto para economizar dinheiro público. O parlamento não recebeu grande parte do duodécimo e sobreviveu. Também propusemos a modernização das comissões, pois tem muitas comissões para poucos deputados. E até mesmo o critério de distribuição de gabinetes, pois em Brasília é mais organizado. Mas esse projeto não foi adiante “, disse Xuxu, citando sua passagem pela Câmara Federal, como suplente de deputado federal.

Ele criticou a falta de propostas da chapa encabeçada pelo atual presidente.

“Eu acho que um candidato tem que ter proposta, e está sendo feita uma eleição sem propostas. Não tenho resistência em votar no Botelho, desde que ele apresente uma proposta robusta, o que não ocorreu. Se o Botelho apresentar uma proposta, posso até votar nele”, disse.

Os deputados Claudinei Lopes (PSL) e Ulysses Moraes (DC) também fazem parte do grupo que tentou enfrentar Botelho, e resistem em apoiá-lo.

LIVRE apurou que a chapa está fechada tendo Botelho como presidente, Janaina Riva (MDB) como 1ª vice-presidente e o novato João Batista (Pros) como 2º vice.

Na 1ª secretaria, que é responsável por ordenar despesas, o que faz do cargo o mais importante depois da presidência, ficará Max Russi (PSB), enquanto Valdir Barranco (PT) ficará na 2ª secretaria. Os novatos Valmir Moretto (PRB) e Paulo Araújo (PP) ficarão na 3ª e 4ª secretarias, respectivamente.

LEIA TAMBÉM

34 parlamentares eleitos por MT tomam posse hoje; veja o perfil de cada um

“Não vou votar no Botelho”

Unindo novatos e reeleitos, Botelho deve se reeleger presidente da AL com chapa única

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS