Deputados de MT pedem CPI para investigar aumento da conta de energia

Proposta tem como base um abaixo-assinado com mais de 9 mil apoiadores

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) pode instaurar nos próximos dias uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as razões do aumento nas contas de energia elétrica no Estado.

O pedido foi apresentado pelo deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) com base em um abaixo-assinado on-line que, na última terça-feira (8) – quando o requerimento foi apresentado na ALMT – tinha aproximadamente 9 mil apoiadores.

Na justificativa para a criação da CPI, Elizeu Nascimento citou eventuais irregularidades e um “aumento abusivo” da tarifa. Também rumores de que houve um enxugamento no quadro de funcionários da concessionária e denúncias no Procon estadual sobre má prestação do serviço.

Deputado Elizeu Nascimento foi quem apresentou o pedido pela CPI (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Para ser instalada na ALMT, uma CPI precisa do apoio de oito deputados. No caso desta, 19 assinaram o requerimento escrito por Elizeu Nascimento.

De acordo com a assessoria do deputado, ainda é preciso, no entanto, um parecer da Procuradoria da Casa para que os trabalhos tenham início.

A reportagem do LIVRE tentou contato com a assessoria da Energisa – concessionária responsável pelo serviço –, mas não obteve retorno até o momento. O espaço continua aberto para manifestação.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRede Globo evidencia cada vez mais jogos de azar em seus projetos
Próximo artigoCliente que comunicou furto de cartão após um mês não deve ser indenizado

O LIVRE ADS