Deputado quer suspender parcelas de financiamentos para motoristas autônomos

Medida deve beneficiar profissionais que dependem do veículo para trabalhar, como taxistas, caminhoneiros e motoristas de aplicativo

Imagem ilustrativa

Um projeto de lei em trâmite na Câmara Federal quer isentar motoristas autônomos de pagar os financiamentos ou empréstimos bancários usados para comprar seus veículos. Se aprovada, a medida valeria para profissionais que dependem do bem para trabalhar, como taxistas, caminhoneiros e motoristas de aplicativo.

De acordo com o projeto, para serem beneficiados, os profissionais deverão desempenhar suas atividades legalmente, com registro ativo. O texto reconhece como beneficiários aqueles profissionais que sejam optantes pelo Simples Nacional.

Autor da proposta, o deputado federal Helder Salomão (PT-ES) destaca que a média nacional de trabalhadores informais é de 41,1%. Segundo ele, a situação destes trabalhadores tem sido agravada com a retração acentuada do comércio.

“A proposta tem por objetivo garantir a renda e a redução dos custos da atividade laboral dos motoristas autônomos”, afirma.

O projeto tramita em conjunto com outras 15 propostas sobre o mesmo assunto. Ela será analisada em caráter conclusivo (quando não precisa ir a votação em plenário) pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.​

(Da Agência Câmara de Notícias)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPreço do pão francês
Próximo artigoAos alunos de Farmácia