Deputado quer acabar com uso obrigatório de máscaras no país

Segundo ele, Estado transferiu para a população uma obrigação que era sua: promover a saúde

(Foto: Freepik)

Um projeto de lei em trâmite na Câmara Federal pode acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial – uma das medidas de enfrentamento à pandemia de covid-19 – no Brasil.

O texto foi apresentado pelo deputado Heitor Freire (PSL-CE). A proposta exclui a previsão da Lei 13.979/20, que determina a utilização de máscaras em espaços públicos e privados acessíveis ao público, em vias públicas e em transportes públicos coletivos.

Heitor Freire afirma que, com a medida, pretende “preservar as liberdades individuais” e estimular o voluntarismo e o direito do cidadão de fazer suas próprias escolhas.

Ele acrescenta que a Constituição Federal deixa claro que a obrigação de promover a saúde da população é um dever do Estado, cabendo a ele promover políticas nesse setor, inclusive no que diz respeito ao fornecimento de máscaras de proteção.

“A revogação busca combater a postura acomodada e tirana estatal de obrigar a população e os setores produtivos ao poder de ‘cumpra-se’”, justifica Freire.

“Repassar ao cidadão o dever do uso de máscaras ou estabelecer que a iniciativa privada tenha de fornecê-las a seus funcionários é o caminho cômodo, que visa também propagar a indústria da multa”, ele argumenta.

(Da Agência Câmara de Notícias)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBenefícios do confiável 1xBet programas de afiliados Portugal
Próximo artigoAo ver madrasta sendo agredida, criança a defende do pai: “não pode bater em mulher”