Deputada federal não sabia de esquema, afirma Polícia Civil

Citada em depoimento, Rosa Neide não foi alvo de operação

Delegado Luiz Henrique Damasceno, da Defaz (Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A deputada federal Rosa Neide (PT-MT), ex-secretária de Educação de Mato Grosso, chegou a aparecer nos depoimentos do ex-governador Silval Barbosa, que subsidiaram a deflagração da Operação Quadro Negro, nesta terça-feira (22). Apesar disso, a Polícia Civil garantiu que não há indícios de que ela sabia dos esquemas apurados. Por isso, não foi alvo da operação.

Em depoimento prestado à Controladoria Geral do Estado (CGE), Silval destacou que o empresário Valdir Piran indicou a empresa Avançar Tecnologia em Software para prestação de serviço.

O objetivo já seria promover um esquema para desvio de recursos como uma forma de quitar uma dívida do ex-governador com o empresário.

Depois, o proprietário da Avançar, Weydson Soares Fonteles, que foi alvo da operação -, teria se encontrado com Rosa Neide quando ela era secretária de Educação. Segundo Silval, ele teria apresentado seus produtos à secretária, que teria sinalizado interesse nos serviços da empresa.

A Avançar acabou contratada pelo Centro de Processamento de Dados do Estado (antigo Cepromat, hoje MTI). Foram firmados dois contratos em 2014: um para compra de 250 mil licenças de softwares educacionais, e outro para aquisição de mais de 188 mil licenças. Só que, segundo a CGE, os programas nunca foram instalados.

Apesar de ter sido citada, a deputada não foi alvo da operação da Polícia Civil. Conforme o delegado Luiz Henrique Damasceno, da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), não há indícios que apontam que ela sabia desse esquema firmado entre o grupo criminoso.

Rosa Neide já foi alvo de outra operação da Polícia Civil, porém. Em agosto deste ano ela teve um mandado de busca e apreensão cumprido em sua casa, em agosto deste ano.

Ela foi alvo da Operação Fake Delivery, que apurou desvio de R$ 1,1 milhão em materiais da Seduc. À imprensa, ela negou participação no esquema.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS