Depois de um ano refugiado, Evo Morales volta à Bolívia

Morales estava exilado desde 2019, quando perdeu o apoio das forças armadas e causou uma convulsão social na Bolívia

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, deixou a Argentina para reingressar em seu país nesta segunda-feira (9), informa a imprensa boliviana. O líder socialista estava exilado desde novembro do ano passado.

Morales viajou, nesse domingo (8), para a cidade de La Quiaca, na província argentina de Jujuy, na fronteira com a Bolívia. Dê lá, o líder deve voltar para Bolívia de avião.

O ex-presidente boliviano volta ao seu país um dia após o socialista Luis Arce tomar posse como novo presidente da Bolívia.

Evo Morales ficou um ano em exílio, depois perder o apoio das Forças Armadas e causar uma convulsão social na Bolívia.

Veja ao vídeo 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorViagens de curta distância: perfil do turista em MT mudou na pandemia
Próximo artigoBolsonaro: Brasil vai comprar qualquer vacina certificada pela Anvisa