Depois de difamação, Jean Wyllys é condenado a indenizar empresário Otávio Fakhoury

O político socialista foi condenado a pagar 5 mil reais depois de dizer que o empresário era um "criminoso"

(Foto: Câmara dos Deputados)

A Justiça do estado de São Paulo condenou o ex-deputado Jean Wyllys por difamação contra o empresário Otávio Fakhoury. A decisão foi divulgada nesta segunda-feira (13), fixando um valor de cinco mil reais a ser pago pelo político de esquerda.

Em agosto de 2020, em suas redes sociais, Jean Wyllys chamou o empresário e apoiador do presidente Jair Bolsonaro de “criminoso integrante do Gabinete do Ódio”.

O empresário se sentiu ofendido e em seguida procurou a justiça para ter seus direitos a imagem garantidos.

Retração

Além da indenização, Jean Wyllys ainda terá que se retratar publicamente no prazo de cinco dias após a intimação. Caso não se retrate, pode ser multado em R$ 1 mil por dia de descumprimento. A defesa do ex-parlamentar irá recorrer.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJovem aceita carona de moto-taxista e é estuprada
Próximo artigoPolícia cumpre mandados contra acusados de produzir fake news sobre governador de MT