Dentista se recusa a atender paciente com dor por falta de luvas

Paciente se ofereceu para comprar as luvas, mas a dentista disse que não poderia aceitar

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma empregada doméstica de 53 anos registrou um boletim de ocorrência nessa segunda-feira (28) após uma dentista da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Morada do Ouro, em Cuiabá, recusar-se a atendê-la.

Segundo a vítima, ela estava com dor de dente e procurou, primeiro, o Posto de Saúde do Bairro Altos da Serra, em Cuiabá, mas não conseguiu atendimento.

No local, mandaram-na procurar a UPA da Morada do Ouro, onde havia dentista de plantão, e ela assim o fez.

Na UPA, ela passou pela triagem, mas a dentista não quis atendê-la, alegando que não tinha luvas. A paciente, então, propôs comprar a luva para receber o atendimento, mas a dentista disse que não poderia aceitar.

Por fim, a paciente seguiu com dor e sem atendimento. Ela saiu do local e procurou uma delegacia, onde registrou um boletim de ocorrência contando o ocorrido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.