Delegados depõem na AL

Lindomar Toffoli e André Veiga vão falar sobre o suposto uso da Defaz para interesses políticos

Os delegados Lindomar Toffoli e André Veiga, envolvidos no suposto uso político da Delegacia de Crimes Fazendários (Defaz) serão ouvidos nesta terça-feira (17) pelo Colégio de Líderes da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

A oitiva foi confirmada pelo presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), mas os policiais têm o direito de contestar a data, o que não ocorreu até o fim da manhã desta segunda-feira (16).

Lindomar Toffoli e André Veiga estão citados em pedido feito pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), para que Assembleia averiguasse uma suposta “manobra” na investigação sobre a compra de voto de vereadores para prejudicá-lo.

A oitiva ocorrerá em um momento de esquecimento do caso na Câmara de Cuiabá, onde se originou a polêmica.

Abílio Junior (PSC) já teve o mandato de vereador cassado e a servidora Elizabete Maria de Almeida confessou ter mentido sobre os fatos revelados na Câmara de Cuiabá.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHollywood deve ter prejuízo de até US$ 20 bilhões em decorrência do coronavírus
Próximo artigoThe Batman, Senhor dos Anéis e The Witcher têm gravações suspensas por coronavírus

O LIVRE ADS