Deixada sozinha, criança de quatro anos cai do 2º andar de prédio

A mãe foi para uma festa de faculdade e deixou o menino com a babá, porém, no outro dia a babá foi fazer uma prova e o menino acabou sozinho

Ilustrativa/Pixabay

Uma mãe de 21 anos e uma babá de 25 foram presas nesse sábado (7) depois de deixarem um menino de quatro anos sozinho em um apartamento e ele caiu da janela do segundo andar.

O caso aconteceu no Bairro Jardim Terra Rica, em Sinop (220 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 9 horas, vizinhos que moram no térreo ouviram gritos no apartamento de cima e, em seguida, viram algo caindo em cima de um carro e depois caindo no chão.

Eles correram para ver o que era e se depararam com uma criança. Eles socorreram a criança, que estava com algumas escoriações e disse seu nome.

Os vizinhos tentaram achar algum responsável pelo apartamento, mas não tinha ninguém, o menino estava sozinho. Eles, então, chamaram a Polícia Militar.

Local onde o caso aconteceu (Foto: Reprodução/ TVCA)

Uma equipe foi até o local, ouviu as testemunhas e acionou o Corpo de Bombeiros, que prestou os primeiros-socorros e encaminhou o menino para o Hospital Regional de Sinop, onde ele ficou sob cuidados médicos.

O Conselho Tutelar foi acionado e ficou responsável pelo garoto. Momentos depois, porém, os policiais foram chamados novamente no apartamento, pois a mãe da criança e a dona do imóvel haviam chegado. A equipe retornou e ouviu as duas.

A mãe afirmou que na sexta-feira (6) teria deixado a criança sob os cuidados da babá, dona do apartamento, para ir a uma festa de faculdade.

Ela disse que teria combinado que buscaria o filho até as 9 horas da manhã do sábado (7). Porém, ao tentar contato com a babá às 9h13, já não conseguiu.  Aí tentou encontrá-la na faculdade. E só teve retorno dela às 9h35, quando foi informada do ocorrido.

Versão da babá

A babá, por sua vez, falou que realmente ficou responsável pela criança de sexta para sábado. Porém, teria acordado com a mãe do menino que ela teria que buscar o filho no início da manhã, porque ela tinha prova na faculdade às 9 horas e não poderia faltar.

Como a mãe não teria chegado no horário combinado, ela não conseguia contato com a mesma e não podia levar o menino para a faculdade, porque ia de bicicleta, disse a ele que sairia somente por alguns instantes e logo retornaria. Trancou-o às 8h55 dentro de casa, foi para a faculdade e retornou às 9h20, mas já não encontrou o garoto.

Ao procurar no térreo, foi informada do ocorrido.

As duas acabaram detidas por abandono de incapaz e levadas para a delegacia. O menino, apesar da queda, passa bem.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUma fila de 315 mil pessoas
Próximo artigoSituação da pesquisa científica no Brasil

O LIVRE ADS