De olho na butique de Selma

Taques e Botelho secam senadora ameaçada de cassação

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Tem muita gente de olho na virtual vaga de Selma Arruda (PODE-MT) no Senado Federal. A ex-juíza será julgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – em algum momento daqui até os próximos sete anos – e pode perder o mandato por uso de “caixa-dois” durante a campanha eleitoral.

Dois que já estariam se articulando são o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), e o ex-governador Pedro Taques (PSDB).

Botelho, ao que parece, quer ser tudo – senador, prefeito, conselheiro do TCE – exceto ser deputado.

Taques, por sua vez, dada a performance na campanha para a reeleição ao governo, não teria apoio nem dentro do próprio partido – segundo informou uma fonte do LIVRE.

LEIA TAMBÉM

Raquel Dodge pede a cassação da senadora Selma Arruda e nova eleição em MT

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS