De olho na butique de Selma

Taques e Botelho secam senadora ameaçada de cassação

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Tem muita gente de olho na virtual vaga de Selma Arruda (PODE-MT) no Senado Federal. A ex-juíza será julgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – em algum momento daqui até os próximos sete anos – e pode perder o mandato por uso de “caixa-dois” durante a campanha eleitoral.

Dois que já estariam se articulando são o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), e o ex-governador Pedro Taques (PSDB).

Botelho, ao que parece, quer ser tudo – senador, prefeito, conselheiro do TCE – exceto ser deputado.

Taques, por sua vez, dada a performance na campanha para a reeleição ao governo, não teria apoio nem dentro do próprio partido – segundo informou uma fonte do LIVRE.

LEIA TAMBÉM

Raquel Dodge pede a cassação da senadora Selma Arruda e nova eleição em MT

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMEC destina maior parte de verba desbloqueada para universidades
Próximo artigoAPAE Cuiabá realiza lançamento do 4º Rally interativo de regularidade

O LIVRE ADS