“Daqui a pouco pode ter assassino sendo solto”, diz Moro após soltura de chefe do PCC

Ex-ministro condenou a decisão do ministro do Supremo, Marco Aurélio, que permitiu a saída do traficante da cadeia

Foto: Isaac Amorim/MJSP

Nessa segunda-feira (12), o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, falou  sobre a regra colocada pelo Congresso no “pacote anticrime”, que permitiu a soltura do traficante André do Rap.

Em entrevista à Globo News, Sergio Moro condenou a decisão do ministro Marco Aurélio que permitiu a saída do criminoso da cadeia.

O ex-ministro da Justiça disse que a decisão abre portas para que outros criminosos também sejam liberados. “Daqui a pouco pode ter assassino sendo solto”.

Moro também voltou a defender a prisão em segunda instância e falou sobre a prisão preventiva.

“Esse indivíduo nunca ia ser solto, porque já ia estar cumprindo pena, sem qualquer necessidade de nós pensarmos em falar em rever prisão preventiva”, disse.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMPE investiga 3 empresas por suspeita de abastecer propina a deputados
Próximo artigoSecretaria de MT testa positivo para covid-19