Damares em Cuiabá: “Quero dizer pro cara que violenta a mulher que acabou pra você. Nós vamos prender você”

Em evento na Capital mato-grossense, ministra disse que violência contra mulher e suicídio de adolescentes precisam ser enfrentados

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em evento em Cuiabá neste sábado (18) para lançar o programa Famílias Fortes, que enforca a criação de políticas públicas para orientar famílias a lidar problemas de convivência e vínculos afetivos, a ministra da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que a violência contra mulheres e o suicídio de adolescentes são problemas sociais com agravamento que precisam ser enfrentados.

Conforme a ministra, a maioria dos problemas sociais brasileiros passa pela desestruturação do núcleo familiar. A violência contra a mulher foi citada como um fato alarmante.

Damares disse que Mato Grosso foi escolhido para o lançamento do Famílias Fortes por causa do alto índice local desse tipo de crime.

“Eu quero dizer pro cara que violenta a mulher que acabou pra você. Agora, nós vamos prender você. Basta de violência contra a mulher”, afirmou.

Citando outro problema, a ministra afirmou que 80 mil adolescentes morrem por ano no Brasil e o suicídio é a segunda maior causa dessas mortes.

“Ao menos uma criança ou adolescente se mutila por minuto no Brasil, e aqui em Mato Grosso muitos deles estão se matando. Isso não é novidade. A novidade é termos coragem de falar e enfrentar o problema”, afirmou.

Outro fator citado por ela é a crescente violência contra idosos, que passam por cativeiro e estupro, que seriam geralmente praticados por parentes próximos, como filhos e netos.

O programa Famílias Fortes será instalado com auxílio de municípios na orientação de reuniões familiares.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasamento Abençoado reunirá mais de mil casais em cerimônia no dia 10 de outubro
Próximo artigoTarifa social de energia passa a ser automática para consumidores no CadÚnico