Dados apontam redução de roubos e furtos em Mato Grosso

Seguindo a tendência da redução de roubos, Nova Mutum se destacou com 33% de registros a menos de janeiro a abril deste ano

O primeiro quadrimestre de 2018 apresenta redução nos números de roubos e furtos em Mato Grosso. Segundo dados da Coordenadoria de Análise e Estatística Criminal (CEAC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), foram registrados 20% menos casos de roubos de janeiro a abril deste ano (6.304), em comparação com o mesmo período de 2017 (7.848).

Já com relação aos furtos, a queda foi de 17% (15.889 registros em 2018 contra 19.186 no ano passado). Outro crime que apresentou redução significativa no primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2017 foi o latrocínio (roubo seguido de morte): menos 13% de casos em todo o estado.

Seguindo a tendência da redução de roubos, a cidade de Nova Mutum (242 km ao Norte de Cuiabá) também se destacou com 33% de registros a menos de janeiro a abril deste ano, em comparação aos mesmos meses do ano passado (60 casos contra 90). Os dados de furto também apresentaram redução de 38% (174 casos contra 280).

Entre as medidas que contribuíram para isso, a titular da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) do município, delegada Angelina Ticianel, cita a agilidade no encaminhamento dos boletins de ocorrências à investigação. “Nós aprimoramos a forma de atendimento à vítima para que ela consiga fazer o reconhecimento do autor do crime o mais rapidamente possível”, explica.

De acordo com ela, desde janeiro deste ano, quando assumiu o cargo, a Derf também dá prioridade aos boletins feitos no momento das ocorrências por policiais militares ou durante os plantões, com o objetivo de garantir rapidez na identificação do suspeito e representação da prisão. Além disso, um número foi disponibilizado para a população fazer denúncias via Whats App ((65) 99809-3333). “Esta contribuição da sociedade é fundamental para tornar nosso trabalho mais dinâmico também”.

O tenente-coronel Fernando, que está à frente do 14º Comando Regional da Polícia Militar (PM-MT) de Nova Mutum, ressaltou que a principal estratégia de atuação local é a integração entre as forças de segurança. “Trabalhamos de forma conjunta com a Polícia Judiciária Civil tanto na parte operacional quanto de inteligência, o que fortalece o combate aos crimes”. O comandante-regional acredita que desta forma os dados tendem a melhorar ainda mais ao longo do ano, com a realização de operações integradas.

 

Com Assessoria 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProcesso de férias será padronizado em todo o Executivo
Próximo artigoOs melhores fotógrafos e cinegrafistas de Cuiabá para eternizar seu casamento