Cuiabá tem redução de 43% nos casos de homicídios em 2021

Foram 36 crimes a menos em relação ao ano anterior. Em 2020, a Sesp registrou 83 homicídio doloso em Cuiabá

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Os casos de homicídios dolosos, quando há a intenção de matar, reduziram em 43% na Capital, em 2021, em um comparativo com 2020. Foram 36 crimes a menos em relação ao ano anterior. Os dados são do Observatório de Segurança Pública, setor de estatística da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Em 2020, a Sesp registrou 83 crimes de homicídio doloso em Cuiabá. No ano seguinte, o número de casos caiu para 47 crimes, o que representa uma queda de 43,4% em um comparativo entre os dois anos.

Em Várzea Grande, a redução foi de 26% fazendo um comparativo com os dois últimos anos. O levantamento mostra que as forças de segurança registraram 36 crimes no ano passado, porém, no ano de 2020, os casos identificados como homicídio doloso chegou a 49 crimes. Isso representa uma redução de 26,5% em comparação com os dois anos. Foram 13 crimes a menos que o ano anterior.

O Estado de Mato Grosso também registrou queda nos casos de homicídios dolosos durante o ano de 2021, com 62 crimes a menos que o número do ano anterior. Em 2020, a Sesp registrou 810 crimes, porém no ano seguinte a quantidade chegou a 748. Uma redução de 7% em relação ao ano anterior.

Morte de mulheres

Já os feminicídios registraram queda de 31% fazendo um comparativo com os casos dos dois últimos anos em Mato Grosso. Em 2020, o Estado identificou 62 casos de morte de mulheres por seus parceiros em detrimento de conflitos de relacionamento. Em 2021, o número de registros caiu para 43, o que representa 19 crimes a menos que o ano anterior.

No ano passado a Capital foi a cidade que registrou o maior número desse tipo de crime. Ainda conforme o levantamento, ocorreram cinco feminicídios em Cuiabá e dois em Várzea Grande. Os municípios de Sorriso, Rondonópolis, Sinop e Lucas do Rio Verde identificaram três casos cada.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça determina que pais vacinem criança contra a covid no Rio de Janeiro
Próximo artigoDeputados federais querem urgência na regulamentação do mercado de carbono