Cuiabá passa a coletar 61% de esgoto com nova estação de tratamento

ETE TIjucal foi inaugurada hoje e impede o despejo de 5 toneladas de esgoto no Rio Coxipó

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A Prefeitura de Cuiabá e a concessionária de água e saneamento Águas Cuiabá inauguraram nesta quinta-feira (21) uma nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Tijucal). A unidade faz parte do Sistema de Esgotamento Sanitário Tijucal e recebeu R$ 100 milhões para ampliação e modernização dos sistemas.

Hoje, 250 litros de esgoto por segundo são tratados nessa unidade, que atende a 67 bairros da região Sul de Cuiabá. Contudo, a capacidade dos tanques é de uma coleta de até 500 litros por segundo.

O volume coletado no fim do dia, segundo a Águas Cuiabá, supera 22 milhões de litros de esgoto. Além disso, cerca de cinco toneladas de resíduos deixam de ser depositados no Rio Coxipó, graças à ETE Tijucal.

A informação é da diretora-geral da concessionária, Paula Violante, que destacou que a unidade está conectada à rede de mais de 26 mil casas e estabelecimentos comerciais.

Com isso, a Capital amplia a rede de coleta de efluentes para 61% das casas. O número significa um avanço de quase 10% na cobertura, conforme relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado em junho de 2018. Na época, cerca de 52% das famílias cuiabanas tinham o serviço.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) destacou que a concessionária já investiu R$ 350 milhões nos sistemas de água e esgoto desde 2017. No total, 106 quilômetros de rede coletora teriam sido instalados.

Segundo Pinheiro, a previsão do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) é de que, até 2024, a cidade esteja com 91% coberta com rede coletora de esgoto.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS