Cuiabá excluirá profissionais da lista de prioridade de vacinação contra a covid-19

Secretaria de Saúde disse que medida começa a valer nos próximos dias, seguindo orientação do Ministério Público

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

A Prefeitura de Cuiabá vai excluir veterinários, educadores físico e esteticistas do grupo prioritário para a vacinação contra covid-19. A medida acata orientação do Ministério Público de Mato Grosso de restringir a lista de profissionais da saúde, dando prioridade aqueles que estão expostos a maior risco de contágio. 

Em nota divulgada nesta quinta-feira (25), a Secretaria de Saúde do município informa que atenderá todas as recomendações do MP. 

“A secretaria já tem adotado algumas das medidas recomendadas e reforça que a pasta está aberta ao diálogo com os órgãos de controle, com quem tem mantido relação de parceria, principalmente neste momento de pandemia”, diz trecho.

LEIA TAMBÉM

A recomendação de mudar o plano nacional de vacinação foi publicada nessa quarta-feira (24) pelo Ministério Público. Segundo o promotor Alexandre Guedes, a intenção é dar maior transparência ao processo de imunização, diante das frequentes denúncias de fura-fila. 

No começo da semana, o MP confirmou que investiga 37 denúncias de pessoas teriam furado a fila de vacinação em 25 municípios de Mato Grosso. O promotor sugeriu que a prefeitura restrinja o grupo profissionais de saúde àqueles com risco direto de contágio. 

Também há casos de suposta aplicação falseada de vacina. As seringas injetadas estariam vazias. A prefeitura ainda não se manifestou sobre essas denúncias. 

“[A prefeitura deve restringir] neste momento de escassez de vacinas [os trabalhadores da saúde], a fim de que categorias e entidades que não executem serviços de prestação à saúde, de contato com pacientes sejam excluídos do grupo prioritário”, disse a nota recomendatória. 

Conforme a Secretaria de Saúde de Cuiabá, a modificação passará a valer quando a campanha for retomada nos próximos dias. O município deve receber novas doses da AstraZeneca e da CoronaVac até o fim de semana. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEx-agente do Pomeri envolvido em tortura tem revisão de pena negada
Próximo artigoMT registra dois casos da variante inglesa do novo coronavírus