Cuiabá encerra a temporada 2021 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 

Presença do público estará liberada mediante a apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19

Entre os dias 01 e 05 de dezembro Cuiabá recebe a quinta e última etapa da temporada 2021, a trigésima do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia. A arena está montada no complexo esportivo Aecim Tocantins. Está será a décima etapa do tipo Open realizada em Mato Grosso, a sexta em Cuiabá.

As partidas contarão com transmissão no canal Vôlei de Praia TV (http://voleidepraiatv.cbv.com.br), e no aplicativo da CBV. A presença do público está liberada, a entrada é franca, e os torcedores precisarão apresentar o comprovante de vacinação contra a covid-19.

Nesta etapa o torneio principal contará com 24 duplas de cada gênero. As 16 melhores já estão garantidas pelo ranking. Mais oito vagas serão destinadas aos times que avançarem do qualifying. Esta fase reunirá 20 parcerias em jogos eliminatórios, até a definição dos classificados.

qualifying, em cada naipe, será composto por 14 duplas do ranking, duas parcerias convidadas, e mais quatro times vindos do pré-qualifying, um estágio a mais que possibilita maior inclusão de atletas na competição.

Na temporada 2021, cada etapa dá um prêmio de 48 mil reais para as duplas campeãs. A Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), no Rio de Janeiro (RJ), foi sede da primeira parada, que teve ouro para Vitor Felipe/Renato Andrew (PB) e Rebecca/Talita (CE/AL); da segunda, com títulos para Evandro/Álvaro Filho (PB) e Elize Maia/Thâmela (ES); e da terceira em que Vitor Felipe/Renato Andrew e Ágatha/Duda (PR/SE) subiram no lugar mais lato do pódio. A quarta etapa foi realizada em Itapema (SC) com o terceiro ouro de Vitor Felipe/Renato Andrew e título inédito para Bárbara Seixas/Carol Solberg (RJ).

Bárbara Seixas e Carol Solberg lideram o ranking da temporada com 1480 pontos, e podem ser campeãs do Circuito Brasileiro em Cuiabá. A segunda colocação é de Rebecca/Talita (CE/MS) que soma 1360 pontos.

No masculino a dupla em primeiro lugar no ranking nacional é Vitor Felipe/Renato Andrew (PB), com 1520 pontos. No entanto Renato, que vai representar o Brasil nos Jogos Pan-Americanos sub-23, em Cali (COL), não participa do torneio em Cuiabá. A segunda posição está com Evandro/Álvaro Filho (RJ/PB), que soma 1440, e tem grande chance de levar o título da temporada.

Entre os atletas presentes no torneio em Cuiabá, estão cinco que disputaram os Jogos em Tóquio 2021: Alison, Evandro, Álvaro Filho, Rebecca e Ana Patrícia. A medalhista na Rio 2016, Bárbara Seixas, também participa.

Ainda contaremos com atletas com outras participações olímpicas e com medalhas em copas do mundo e no circuito mundial.

Vencedores em Mato Grosso

  • 2001 – Cuiabá – Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Harley/Luizão (DF/AM)
  • 2002 – Cuiabá – Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Márcio Araújo/Benjamin (CE/MS)
  • 2003 – Cuiabá – Sandra Pires/Ana Paula (RJ/MG) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)
  • 2004 – Rondonópolis – Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Fábio Luiz/Paulo Emílio (ES/BA)
  • 2005 – Sinop – Juliana/Larissa (CE/PA) e Márcio Araújo/Fábio Luiz (CE/ES)
  • 2006 – Várzea Grande  – Juliana/Larissa (CE/PA) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)
  • 2008 – Cáceres – Juliana/Larissa (CE/PA) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)
  • 2012/2013 – Cuiabá – Juliana/Larissa (CE/PA) e Alison/Emanuel (ES/PR)
  • 2019/2020 – Cuiabá – Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB)

(Informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorArticulação sem falar em eleição
Próximo artigoHomem mata a ex-esposa e se mata em seguida em Cuiabá