Cronograma da Previdência

Na ALMT, a tramitação começou no dia 3 e Eduardo Botelho traçou um calendário para não atrasar

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A reforma da Previdência estadual deve ser aprovada até 28 de abril na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O calendário da tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 6 de 2020, foi definido pelo presidente, deputado Eduardo Botelho (DEM).

Assimilando as regras da Emenda Constitucional 103, que foi promulgada pelo Congresso Nacional no ano passado, a reforma estadual altera a idade mínima da aposentadoria para os servidores públicos do Estado, estabelecendo que homens vão se aposentar com 65 anos e as mulheres com 62 anos.

Outra regras também serão tratadas com o projeto, como o tempo de contribuição. Na primeira fase, os parlamentares aprovaram o aumento da alíquota previdenciária de 11% para 14%.

“Fizemos uma agenda, respeitando o regimento interno, o prazo de 60 dias, que é o prazo para a PEC. Os deputados têm o prazo de até o dia 23 de março para apresentação de emendas. A partir daí, as emendas podem ser oferecidas pelas comissões, na segunda fase, apenas”, explicou Botelho.

LEIA TAMBÉM

O presidente também prevê interferência da eleição suplementar ao Senado, marcada para 26 de abril. É que grande parte dos deputados deve estar engajada no pleito.

Dois, inclusive, devem ser candidatos: Valdir Barranco (PT) e Elizeu Nascimento (DC). Além deles, Dilmar Dal Bosco (DEM) tem sido sondado para compor chapa como 1º suplente de Júlio Campos, do mesmo partido.

Calendário

No dia 19, a PEC e suas emendas serão encaminhas para a Comissão de Constituição e Justiça e Redação (CCJR). A apreciação deverá ocorrer até o dia 24, para que seja colocada em primeira votação no plenário até dia 31 deste mês.

No dia 2 de abril, a PEC será encaminhada à Comissão Especial e, no dia 22 de abril, será apreciada em segunda votação. No dia 28 de abril, a previsão é que seja feita a votação final.

Isso se tudo transcorrer conforme o previsto.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNasceu para dar certo? Escola cívico-militar de MT já tinha boas notas no Ideb
Próximo artigoJovem é levado para a delegacia após se passar por aluno do IFMT