Criminoso foragido de alta periculosidade é preso pela Polícia Civil

Abordado, o suspeito apresentou carteira de habilitação falsa

Um dos criminosos mais procurados do Estado de Rondônia, Ezaul Dos Santos Oliveira, 31, foi preso na tarde desta sexta-feira (01.06), em Cuiabá, durante investigação de policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva). O suspeito usava identidade falsa em nome de Juliano Rodrigues  da Silva.

Criminoso de alta periculosidade, Ezaul é foragido de mais de uma unidade prisional de Rondônia, com condenação de 38 anos e 3 meses e 15 dias, por crimes diversos, entre eles homicídios, roubos e tráfico de drogas, somando mais de dez antecedentes.

O suspeito estava com um mandado de prisão definitiva (pena) por crime de homicídio, que segundo as informações trata-se de assassinato contra policial.

O suspeito foi abordado na condução de um Ford Fiesta e apresentou um carteira de habilitação falsa em nome de Juliano e fotografia dele. “Fizemos a checagem, observamos que o cadastro da CNH era falso e que a fotografia do verdadeiro Juliano, obtida em banco de dados, não se tratava da pessoa que apresentava o documento.Diante as evidências acabou admitindo que era foragido”, disse o delegado, Marcelo Martins Torhacs.

Conforme o delegado, a prisão é resultado de trabalho de inteligência, desenvolvido com a equipe operacional, após informações recebidas na unidade. No momento que foi identificado pelos policiais, o suspeito tentou evitar a prisão, oferecendo R$ 30 mil aos investigadores.

Pelo crime, foi também autuado em flagrante por corrupção ativa, uso de documento falso e mais o cumprimento do mandado de prisão da Vara de Execuções Penais de Porto Velho, Rondônia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPostos de MT alegam não ter condições de reduzir R$ 0,46 no diesel
Próximo artigoHomem assalta brechó e faz funcionária grávida de refém

O LIVRE ADS