Criança de três anos morre após ser atingida por um disparo acidental de espingarda

Autor do tiro é primo da vítima e tem 10 anos

Foto: Assessoria Polícia Civil

Um menino de três anos foi morto por um disparo de arma de fogo na comunidade rural de Espinheiro, em Várzea Grande. O autor do tiro é o primo dele, uma criança de 10 anos.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, os meninos brincavam no quarto, neste sábado (7), pela manhã, quando os responsáveis ouviram um tiro. Eles correram para o ambiente e se depararam com o mais novo no chão. Já o mais velho, deixou a arma para trás e saiu correndo.

Quando os policiais chegaram, a vítima estava morta. Já o atirador, como estava muito abalado com a situação, foi retirado do local pelos pais.

Conforme informações da Polícia Militar, os tiros saíram de uma espingarda calibre 36, numeração raspada, que era deixada próxima a cama, em um lugar de fácil acesso.

O pai da vítima foi questionado sobre a procedência da arma na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas não soube informar.

 

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá registra 6 mortes por covid no final de semana
Próximo artigoCovid: 22 mortes e 478 casos confirmados no final de semana