Criança de 12 anos morre ao ser atropelada em faixa de pedestre em MT

Motorista alegou que o menino entrou abruptamente na faixa e que não houve tempo de ele parar o veículo

(Foto: reprodução)

Um menino de apenas 12 anos, identificado como Edilson Junior Barboza de Araújo, morreu nessa quarta-feira (16) após ser atropelado enquanto atravessava uma rua na faixa de pedestre em Lucas do Rio Verde (330 km de Cuiabá).

O acidente aconteceu na Avenida Mato Grosso, no Bairro Jardim das Palmeiras, por volta das 17h30, quando Edilson tinha acabado de sair da escola.

O motorista, que estava em um Renault Sandero, alegou que estava trafegando pela avenida, fazendo a rotatória, quando foi surpreendido pela criança, que estava em uma bicicleta e vinha pela rua Rio de Janeiro, saindo do Bairro Jardim das Palmeiras.

Segundo o motorista, de 25 anos, o menino passou correndo com a bicicleta sobre a faixa destinada para pedestre, o surpreendendo e não dando tempo de ele parar, o que ocasionou o atropelamento.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e a criança foi encaminhada para o Hospital São Lucas em estado muito grave. Na unidade médica, porém, o menino não resistiu e morreu.

A Polícia Civil foi acionada e chegou ao local enquanto a vítima ainda estava presente. Segundo os policiais, havia muito sangue no chão.

O condutor do veículo foi submetido ao teste do bafômetro, que teve como resultado zero. O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo e danos materiais e será investigado pela Polícia Civil.

Luto

Em nota, a prefeitura de Lucas do Rio Verde lamentou o falecimento de Edilson, que era aluno do 7º ano da Escola Municipal Olavo Bilac e estava indo embora da escola quando o acidente aconteceu.

Segundo a prefeitura, o menino era um aluno muito querido. Devido à tragédia, a Escola Olavo Bilac suspendeu todas as atividades nesta quinta-feira (17) em período integral.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior3ª edição do Festival da Cerveja Artesanal de MT traz 11 cervejarias
Próximo artigoInfraestrutura ruim e mão de obra sem qualificação represam turismo na Baixada Cuiabana