Criança conta na escola ser abusada pelo pai desde os seis anos

Ele dava presentes em troca do silêncio da filha

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

O Conselho Tutelar procurou a polícia nessa quarta-feira (3) após uma menina de apenas 11 anos contar na escola que era vítima de abuso sexual por parte do pai desde os seis anos de vida. O caso aconteceu em Sapezal (520 km de Cuiabá).

A conselheira levou um relatório da Secretaria Municipal de Educação, assinado por uma psicóloga, à polícia, feito depois que a criança contou à orientadora escolar que sofria os abusos do pai.

A menina relatou que os estupros começaram quando ela tinha seis anos e foi morar com o pai. O pai mentia para conquistar a confiança da criança, que não entendia que estava sendo vítima de abusos.

Para que ela não contasse a ninguém o que sofria, ele dava presentes à filha. Ela disse, ainda, que um tio também a havia estuprado duas vezes.

A vítima relatou, ainda, sofrer crises de ansiedade devido aos abusos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuanto a Pfizer ganhou com vacinas
Próximo artigoJardim Imperial 2: posto de saúde está pronto, mas desativado por conta da falta de equipamentos