Criança chega a hospital com sintomas de HPV e médicos suspeitam de estupro

O vírus é sexualmente transmissível

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Conselho Tutelar denunciou nessa terça-feira (22) um possível caso de estupro de vulnerável em Barra do Garças (520 km de Cuiabá).

Uma menina de três anos foi levada a um hospital com sintomas do vírus HPV, transmissível sexualmente.

Uma enfermeira do Posto de Saúde do Bairro Jardim Pitaluga foi quem acionou o Conselho. Ao constatar os sintomas de HPV na criança, ela desconfiou de que ela tivesse sido vítima de um possível estupro.

Diante da suspeita, um conselheiro foi ao hospital e encaminhou a criança e a mãe para a delegacia.

O caso, a princípio, foi registrado como “ocorrência atípica”, mas deverá ser investigado pela Polícia Judiciária Civil como estupro de vulnerável.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS