Criança asmática de dois anos é expulsa de avião por não conseguir usar máscara

Apesar de apresentar o teste negativo para coronavírus, o menino precisou deixar o avião por não conseguir usar a máscara durante uma crise asmática

Uma criança de dois anos e sua mãe foram forçadas a abandonar o avião devido ao fato da criança não conseguir usar máscara. O menino é asmático e a máscara faz com ele tenha dificuldades de respirar.

O caso aconteceu nos Estados Unidos na última terça-feira (14), quando Amanda Pendarvis e seu filho de dois anos, Waylon, foram abordados pela equipe do avião ainda em solo.

Teste negativo

Apesar da criança não estar conseguindo usar máscara, ela havia feito um teste para saber se estava com coronavírus pouco antes de embarcar na aeronave.

O teste deu negativo, mas, apesar disso, a equipe médica tentou forçar a mãe a colocar a máscara no menino.

Falta de ar

Na ocasião do voo, o menino estava agonizando em uma crise de asma, o que o impedia de respirar adequadamente.

Pela crise respiratória, era impossível forçar o menino a usar uma máscara o que poderia piorar ainda mais o seu estado médico clínico.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJair Bolsonaro é “fora da curva”, afirma deputado federal de MT
Próximo artigoExposição itinerante de Arte Sacra marca reabertura do Salão das Águas