Crescimento do trabalho remoto no Brasil contribui para melhorar a produtividade e o bem-estar dos funcionários

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Ao contrário do que muitos possam pensar, o conceito de home office, ou trabalho remoto, já é uma prática secular. Porém, este modelo ganhou um impulso significativo nos últimos anos, contribuindo para a redefinição das empresas e da sua relação com os funcionários. A maior acessibilidade à tecnologia facilitou o trabalho remoto e tem permitido que cada vez mais brasileiros adiram a esta realidade pelas suas vantagens, tanto em termos de produtividade como de adaptação.

Para quem desconhece, a definição de trabalho remoto é bem simples: é uma forma de trabalho à distância do local do empregador.  Estima-se que a sua origem nasceu por volta do século XVI, quando surgiram certos empregos executados ao domicílio. Porém, esta prática só foi redesenhada nos moldes que conhecemos hoje em meados dos anos 90, quando a internet se popularizou e simplificou o trabalho a partir de qualquer lugar, tanto em casa como em cafés ou até aeroportos. Dessa forma, a relação entre a tecnologia e os diversos setores passou a ser mais estreita e revolucionou para sempre o mundo de trabalho moderno.

No Brasil, este modelo começou a ser adotado em 1997, chegando a ser criada a Sociedade Brasileira de Teletrabalho e das Teleatividades, em 1999. Com o decorrer dos anos, o home office continua a ganhar dimensão e o seu crescimento é evidente no país. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2018 cerca de 3,8 milhões de brasileiros estavam em teletrabalho, números que aumentaram consideravelmente em 2020, quando entre os dias 21 e 27 de junho foram registradas 8,6 milhões de pessoas trabalhando neste regime. A implementação deste modelo de trabalho também parece agradar à maioria dos brasileiros, uma vez que, de acordo com a empresa de consultoria Robert Half, 86% dos 800 trabalhadores pesquisados gostariam de atuar em trabalho remoto mais vezes por semana.

De fato, o trabalho remoto tem atingido uma grande proporção no Brasil e, por isso, vários projetos têm sido desenvolvidos de maneira a impulsionar este modelo, incluindo a proposta de um auxílio ao home office, no qual as empresas se responsabilizariam por financiar os seus funcionários em 30% das despesas associadas a este regime.

 

Benefícios e adaptação ao trabalho remoto cada vez mais simples

 

Ainda que o trabalho remoto permaneça uma incógnita para grande parte da população brasileira, a sua tendência é ocupar cada vez mais espaço dentro do ambiente corporativo. Por isso, é crucial entender o que este modelo de trabalho engloba e quais as suas maiores contribuições, tanto para as equipes como para os gestores.

 

https://www.youtube.com/watch?v=ta5Wz-0FHZY

 

Para aqueles que têm o home office como parte do seu quotidiano, um dos maiores benefícios apresentados é em relação ao seu bem-estar, uma vez que são evitadas situações como o trânsito, os transportes públicos, sair na chuva e outros problemas comuns do ambiente de trabalho.

Por outro lado, existe maior autonomia e flexibilidade de horários. Enquanto no escritório você pode fazer uma pausa para o café, por exemplo, no conforto da sua casa você tem a liberdade para fazer pausas maiores, tanto para fazer um almoço rápido como para descansar a cabeça navegando pelas redes sociais, jogando Brain Out — um jogo de lógica que aprimora o raciocínio —, ou até jogando jogos de casinos como a roleta de forma gratuita nos melhores cassinos online.

As empresas também se beneficiam deste sistema, uma vez que as suas despesas são reduzidas e passa a haver menor rotatividade dos colaboradores. Além disso, os trabalhadores tendem a ser mais produtivos, o que se reflete no sucesso da organização.

 

https://www.facebook.com/825878174157096/videos/1773592562718981

 

Mesmo com tantos benefícios, para algumas pessoas a adaptação ao teletrabalho permanece uma preocupação devido à suposta falta de contato com a sua equipe e, por isso, é necessário desmistificar esta ideia. Com a evolução dos mecanismos tecnológicos e a presença de um computador pessoal, atualmente tudo é possível no mundo empresarial devido às inúmeras ferramentas digitais. Entre elas destaca-se o Trello, um sistema online que permite organizar tarefas, tanto individualmente como em equipe. Também as videoconferências ganharam popularidade com o trabalho remoto através de plataformas como o Microsoft Teams, o Skype e o Zoom.

Com tantas vantagens, muitas empresas já pensam em mudar definitivamente o seu modelo de trabalho, seja em tempo integral ou parcial. Como pudemos ver, os funcionários só têm a ganhar.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDê o seu melhor
Próximo artigoCovid: comerciantes poderão ser multados em até R$ 60 mil