CRECI reivindica prioridade na vacinação contra Covid para corretores de imóveis

Presidente do CRECI, Benedito Odário, reivindicou ao governo do Estado e a todas as 141 prefeituras dos municípios de Mato Grosso, prioridade na imunização dos corretores.

Cristiane Guerreiro- Assessoria de Comunicação

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso (CRECI-MT) levantou bandeira para priorizar a categoria na vacinação contra Covid, quando iniciar o rol das profissões. A reivindicação foi oficializada na última quinta-feira (22/04) ao governador Mauro Mendes e na última sexta-feira (23/04) ao Prefeito da Capital, Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

Presidente do Conselho, Benedito Odário, que representa a classe com mais de 10 mil corretores inscritos, justifica o elevado número de profissionais que perderam a vida. “A profissão de corretor de imóveis infelizmente expõe o profissional a sério risco de contrair o Covid-19, pois diariamente o contato com clientes são frequentes, e muitos contraíram o Covid e perderam a vida através do trabalho, buscando o sustento da família”, pontuou Odário.

Em defesa da vacinação dos corretores de imóveis, o presidente ressaltou que esta semana estará oficializando todas as prefeituras dos municípios do estado de Mato Grosso. “Estamos lutando pela classe, para garantir proteção a vida desses valorosos profissionais”, concluiu.

Em Cuiabá, o diretor jurídico do CRECI/MT, Alex Vieira Passos, reforçou pessoalmente com a secretária municipal de saúde, Ozenira Félix, a reivindicação do Conselho. “A gestão do prefeito Emanuel Pinheiro não medirá esforços para atender as categorias, e entendemos a necessidade da imunização dos profissionais corretores de imóveis”, sinalizou positivamente a secretária.

Já o governo do estado até o momento não pronunciou sobre a reivindicação do Conselho em prol da classe.

Diretor jurídico do CRECI/MT, Alex Vieira Passos, oficializando a secretária municipal de saúde, Ozenira Félix.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHospital São Benedito registra queda na taxa de ocupação de UTI
Próximo artigoFoco em gestão