Creches de Cuiabá iniciam matrículas hoje

Processo seletivo foi realizado em dezembro e os pais têm até sexta-feira para levar documentos às unidades

(Foto: Arquivo Agência Brasil)

As matrículas das crianças de até 3 anos e 11 meses na rede pública municipal de Cuiabá começou hoje e vai até sexta-feira (24). Ao todo, foram disponibilizadas 4.053 vagas em todas as unidades destinadas a essa faixa etária.

O processo de matrícula iniciou-se pela internet em dezembro e os alunos selecionados tiveram os nomes divulgados pela Prefeitura de Cuiabá nessa terça-feira (21). Agora, é a fase de efetivação dos alunos.

Segundo a coordenadora da Comissão Permanente de Organização da Demanda Escolar (CPODE), Angely Arruda, os pais devem conferir atentamente as listas de documentos que foram disponibilizadas por Regional.

“O pai ou responsável que não fizer a efetivação da matrícula no prazo, levando os documentos solicitados, perderá a vaga”, explicou ela.

Quem não conseguiu vaga, permanece em uma lista de espera e será chamada conforme haja desistência.

Seleção

A classificação foi feita com base nos critérios estabelecidos na Portaria 500/2019/GS/SME e no Decreto 6.292, de 12 de junho de 2017 que determinam os procedimentos de matrícula e o atendimento prioritário para as crianças com necessidades especiais, beneficiárias do Programa Bolsa Família do Governo Federal, renda familiar e, no caso de existir empate, a maior proximidade da residência da criança.

Para atender essa faixa etária, a rede pública municipal de Educação possui 49 creches, dois Centros Educacionais Infantis Cuiabanos (CEICs), 23 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e dois Centros Emergenciais de Educação Infantil (CEEI).

Para informações a Secretaria Municipal de Educação disponibiliza o telefone 0800 646 2003.

(Com informações da Prefeitura de Cuiabá)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLaboratórios recolhem medicamentos para úlcera no estômago
Próximo artigoCorrida para o Senado

O LIVRE ADS