CPI convoca Galvan

Comissão da Assembleia Legislativa aprovou nesta segunda-feira (20) pedido motivado por denúncia de filho

(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

O produtor rural Antônio Galvan foi convocado pela CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal, instalada na Assembleia Legislativa, para esclarecer o uso de recursos oriundos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) na Aprosoja de Mato Grosso. 

O requerimento foi aprovado nesta segunda-feira (20). O presidente da comissão, deputado Wilson Santos (PSDB), diz que o empresário será questionado sobre o uso do fundo durante o período de gestão da Aprosoja. 

“Não é caça às bruxas ou, simplesmente, a ideia de gerar constrangimento a alguém. A CPI busca respostas a respeito disso e daremos a oportunidade do presidente da Aprosoja dar suas explicações e contribuir com sugestões para a melhoria da arrecadação de nosso Estado”, disse. 

A convocação foi sugerida após vazamento de informação de que Antônio Galvan teria favorecido sua atual esposa em contrato da Aprosoja de R$ 1,5 milhão. A denúncia foi feita pelo filho do empresário, Rafael Galvan, em grupo de WhatsApp do condomínio em que ambos moram.  

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFato ou fake? Conheça 8 mitos e verdades sobre doação e transplante de órgãos
Próximo artigoJustiça suspende julgamento de médico acusado de matar a mulher grávida