CPI aprova relatório

Relatório pede afastamento e cassação do prefeito de Cuiabá

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) aprovou um relatório paralelo ao oficial, em que pede o afastamento do prefeito do cargo durante o prazo de 180 dias, bem como a abertura de comissão processante contra Pinheiro.

O relatório foi apresentado durante a última reunião da CPI do Paletó nesta sexta-feira (10), pelo vereador Sargento Joelson (SD) e teve o voto favorável do vereador Marcelo Bussiki (DEM), presidente da CPI. O vereador Toninho de Souza (PSD), relator da comissão, apresentou um relatório também, em que falava da “impossibilidade” de processar o prefeito, mas foi voto vencido.

Com a aprovação do relatório na comissão, o documento será encaminhado ao presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Misael Galvão, que deve colocar à votação dos demais parlamentares, em sessão plenária.

Além da  abertura de comissão processante e do afastamento, o relatório da CPI pode ser  encaminhado ao Ministério Publico Federal, à Polícia Federal, ao Ministério Público Estadual e à Delegacia Fazendária.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFamília Baracat em luto
Próximo artigoAdeus a Marília Cortez