Covid: Lucas do Rio Verde tem maior taxa de crescimento da contaminação

Boletim aponta que 26 municípios estão em alto risco por conta do número de casos registrados da doença

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Vinte e seis municípios de Mato Grosso estão com ricos de contaminação “muito alto” para coronavírus. A classificação foi estabelecida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) no último Boletim Epimiológico, divulgado nessa sexta-feira (04).

Conforme os dados, a maior taxa de crescimento da contaminação está em Lucas do Rios Verde (91,3%), onde os dados chegam a ser próximos ao triplo da capital mato-grossense Cuiabá (34,8%).

Vale lembrar que na semana passada, Mato Grosso foi considerado o novo epicentro da doença para Fiocruz.

LEIAM TAMBÉM:

Entre os municípios com alto risco estão: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste, Cáceres, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Nova Mutum, Sinop, Peixoto de Azevedo, Guaratã do Norte, Querência, Matupá. Poxoréo, Marcelândia, Campo Novo do Parecis, Claudia, Poconé, Colíder, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Jaciara, Alto Garças e Sapezal.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da Ses.

Dados gerais

Atualmente, Mato Grosso tem 19.540 casos confirmados da Covid-19 e uma taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva  (UTI) de 95%.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDentista reage a assalto em clínica, atira em ladrão e o captura
Próximo artigoPadrasto que estuprou enteada dos cinco aos oito anos é preso

O LIVRE ADS