Covid-19: Prefeitura de Cuiabá pede que moradores denunciem vizinhos

Objetivo é evitar as aglomerações e a disseminação do vírus da covid-19

Em prol da saúde pública, a Prefeitura de Cuiabá está pedindo aos moradores da cidade que sejam o popular “dedo-duro” e denunciem casos de aglomeração em festas clandestinas e bares. Os encontros favorecem a disseminação da covid-19, que teve 883 casos confirmados apenas na última semana na Capital mato-grossense.

Une-se ao número de notificações, as mortes registradas, que chegam a 1.415 desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Vale lembrar que, após as festas de final de ano, houve um acréscimo dos casos que estavam decaindo. Agora, a prefeitura quer evitar que a situação se repita no Carnaval.

LEIA TAMBÉM

Secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales esclarece que a secretaria não possui a competência de investigar os locais onde estão ocorrendo festas e eventos que não atendem o decreto municipal que suspendeu as comemorações de Momo. Esse trabalho cabe a polícia.

Contudo, se o cidadão denunciar o espaço, a secretaria pode fazer a fiscalização, que verifica a legalidade, tanto com relação à aglomeração, como a aplicação das medidas de biossegurança exigidas por lei: disponibilidade de produtos para higienização, uso de máscaras e distanciamento.

Fique de olho nas regras

  • Qualquer local deve ter a lotação limitada em 70% da capacidade, mais que isso cabe multa
  • Devem ser adotadas medidas de biossegurança para distanciamento
  • Produtos de higienização, como álcool gel, devem ser oferecidos
  • Uso de máscaras é obrigatório
  • Todos os locais devem ser fechados a meia noite
  • Quem estiver aberto a partir da zero hora, será multado
  • Eventos carnavalescos em ambientes públicos e privados estão proibidos
  • Boates, casa de shows e similares não podem abrir
  • Eventos religiosos estão proibidos

Decretos em vigor

O decreto de nº 8.324, de 12 de janeiro de 2021, determina que estão proibidas festas carnavalescas em ambientes públicos e privados, em Cuiabá, no período de 12 a 16 de fevereiro de 2021. O texto também proíbe festejos em ambientes públicos e privados, incluindo boates, casas de shows e similares.
Eventos religiosos também não são permitidos, sendo que eventos particulares já agendados poderão ocorrer, desde que cumpram as determinações do decreto nº 8.066 de 21 de agosto de 2021 e suas alterações.

Denúncias

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Sorp) disponibiliza o telefone (65) 3616-9614 (Disque Denúncia) de segunda a sexta-feira em horário comercial.

Fora do horário de atendimento da secretaria, a população  deve acionar também a Polícia Militar via o 190.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBoi estrangeiro: Ministério ensaia liberar importação e pecuaristas de MT se preocupam
Próximo artigo5 alimentos que parecem saudáveis, mas só parecem