Corrida de Reis: após reclamação de atletas, organização promete melhorias

Trajeto novo e pontos de hidratação foram alvos de críticas após a corrida

Corrida de Reis foi alvo de críticas: faltou ponto de hidratação (Mayke Toscano/Governo de MT)

A Corrida de Reis, realizada neste domingo (12), tem sido alvo de críticas nas redes sociais e aplicativos de conversa. O sucesso da prova teria sido comprometido pelo calor e falta de logística da organização.

Em dado momento da prova, por exemplo, todas as 12 ambulâncias e lugares do hospital móvel estavam ocupados para atendimento dos atletas que passaram mal. Alguns narram que a sensação térmica alcançava os 50º C.

Na comunidade Loucos por Corrida Mato Grosso, no Facebook, os atletas reclamaram do número reduzido de pontos de hidratação e até do local de entrega de kits, que para alguns, seria muito pequeno dado o fluxo de competidores.

Por conta do calor registrado nas primeiras horas da manhã, outros criticaram o horário da largada. “Por conta do fim do horário de verão, deveria ter sido mais cedo”, disse um dos internautas.

Planejamento

Com um post de avaliação da prova, o treinador de atletas Valdecarlos Santos realçou que todos que participaram da prova sabiam dos detalhes do trajeto e, assim, poderiam ter se antecipado, testando o traçado.

O competidor ressalta que na ocasião da inscrição o atleta já teria concordado com o regulamento, onde constavam hora da prova e trajeto.

Já quanto ao acesso à largada, Valdecarlos destaca que em relação ao novo local de largada – Ponte Nova – quem se inscreveu teria tido pelo menos dois meses para pensar em rotas para chegar até lá. “Eu me planejei para ir correndo”.

Mas ele concorda com as críticas sobre os pontos de hidratação.

“A falha gravíssima é a questão dos postos de hidratação, pois a norma 07 da CBAT determina um posto a cada 2,5 quilômetros, o que inclusive estava no regulamento da prova”.

Sem trincheira

O gerente de marketing da TV Centro América, organizadora da prova, Cícero Mariano, reconhece que houve falha na logística. “Estes são pontos a serem revistos”.

Segundo ele, o trajeto da prova de 10 quilômetros teve que ser alterado por conta de uma eventual obra em uma das trincheiras, que não se concretizou.

“Tivemos que testar mais de 6 opções que obedecessem às normas de trânsito. Infelizmente, o novo ponto de largada, a Ponte Nova, não agradou e muita gente não saiu de lá e, assim, não chegou a ver o primeiro ponto de hidratação que ficava a 600 metros. Outros preferiram seguir caminho. Os próximos pontos estavam nos quilômetros 3,7 e 7,5 e, por fim, na chegada”.

Cícero ressalta que este processo de logística desencadeou todos os outros problemas.

Tradição

“Vale ressaltar que temos uma tradição de 36 anos e que a corrida é classificada como internacional pela Confederação Brasileira de Atletismo. São várias as normas de autorização e alvarás. Mais de 50 documentos para viabilizá-la. Vamos levar em consideração tudo que tem sido pontuado para que possamos sanar todos problemas apontados pelos competidores”, garantiu.

LEIA TAMBÉM

Corrida de Reis 2020: super-heróis tentam, mas vitória fica com quenianos

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Participei pela 3ª vez, da corrida de Reis Cuiabá MT!
    Sempre achei satisfatória a organização desta prova, com algumas melhorias …
    Exemplo: acho que poderia pensar em premiação nas categorias, visto que a arrecadação nesta prova permite tranquilamente (valorizar os atletas amadores, que são o pulmão do evento)
    Até porquê uma prova deste tamanho precisa sim pensar Grande… responsabilidade em toda logística,
    Vericar cuidadosamente todos os detalhes, o que pelo visto não foi feito na edição 2020, assumir e ter humildade nos erros faz parte de crescimento pra qualquer pessoa! Hora não fizeram uma reunião técnica minuciosa e cuidadosa pra verificar e evitar esses erros grosseiros? Hidratação? Cuiabá?
    Isso tudo estou falando se a corrida de Reis tem como ÚNICO objetivo o esporte e seus praticantes bem como sua segurança!
    Pois bem tivemos no percurso
    Os problemas vários.. existiram e pra quem pratica Corridas de Rua como eu posso afirmar com muita convicção: é preciso rever com muito cuidado a próxima edição, vi no trajeto muitos corredores (as), passando mal por uma hidratação insuficiente (algumas águas temperatura ambiente”quente”), afunilamento nas ruas estreitas, ambulâncias mal posicionadas etc, então assim claro existe corredores e corredores com suas críticas algumas pertinentes outras não!
    Mas antes de a organização da Prova criticar os corredores justificando os seus próprios erros sérios que se comprovaram, basta ver os comentários, inclusive sou do Sul e conversamos com alguns corredores de vários lugares do Brasil, também de Cuiabá policiais que correram : foi a mesma opinião!
    Portanto a organização precisa em vez de achar culpados nos participantes, façam uma análise humilde assumam responsabilidades e erros da prova e também vão nos noticiários esportivos assumir este compromisso da revisão de toda a logística desta prova!
    Lembrar também que quem faz a prova ter sucesso são os corredores AMADORES, cada um com seus equívocos mas merecem todo cuidado e respeito até porquê corro a 10 anos e vejo uma tendência real e lamentável da realização de provas visando somente lucro e cada vez menos estão pensando na qualidade das provas e a segurança de quem move toda esta festa os corredores!
    Fica a dica sou da área!
    Entendo perfeitamente todas as dificuldades da realização na logística uma prova!
    Reintero aqui minha crítica (construtiva)
    Mas pra essa edição não tenho nada de positivo pra comentar, somente os milhares de atletas que já percebem quando uma prova é bem organizada e quando não é visa outros objetivos quero acreditar que esta prova não tem este “objetivo!”
    Estes sim os corredores estão de parabéns por fazer parte destes loucos… loucos corredores
    Corridas de rua um vício sem cura!
    Aos atletas amadores deixo a dica:
    Devido a altimetria da prova, a sensação térmica, as dificuldades relacionadas a corrida de Reis, tomem medidas, cuidados com relação a sua condição treinar é preciso pra fazer a prova de forma saudável e segura!
    Pois caso contrário pode se transformar em um problema sério de saúde!
    Respeita seu corpo bem como seus limites!
    Não exceda, não faça nada além do ele pode suportar! Procura ajuda de Profissionais sempre podemos e devemos fazer contato! Ver como anda sua máquina (médico) e como pode ser usada (educador físico)
    Nosso corpo manifesta avisos de que algo está errado!
    Bons treinos corredores!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVocê é um caçador de recompensas? Polícia de MT vai pagar por informações valiosas
Próximo artigo“Fronteiras produtivas” reúne elos da cadeia da pecuária em MT

O LIVRE ADS