Corrida de Reis 2020: super-heróis tentam, mas vitória fica com quenianos

Maior corrida de rua do Centro-Oeste reuniu mais de 15 mil pessoas neste domingo

(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

Os “super-heróis” até tentaram, mas os quenianos foram mais rápidos. Na 36ª edição da Corrida de Reis, maior prova de rua do Centro-Oeste brasileiro, mais de 15 mil corredores lotaram avenidas de Cuiabá neste domingo (12).

A corrida, realizada pela TV Centro América, teve início às 7 horas, com a largada dos atletas da categoria PCD (pessoas com deficiência). Às 7h15 saiu a elite feminina, enquanto às 7h30 foi dada largada à elite masculina, o pelotão VIP e os corredores gerais.

Entre a multidão, diversos super-heróis, como o Batman e o Capitão América – e até o anti-herói Coringa – se desafiaram pelos 10 quilômetros. Outros personagens, como um pescador, que homenageou os 300 anos de Cuiabá, e até um unicórnio também foram vistos.

LEIA TAMBÉM

Aliás, nesta edição, o percurso da corrida sofreu alteração. Os corredores largaram na Ponte Nova, que liga Cuiabá e Várzea Grande, e seguiram pela Orla do Porto. Depois, acessaram a avenida Miguel Sutil e foram até a Arena Pantanal.

(Foto: Ianara Garcia/TVCA)

Ganhadores

Os pódios feminino e masculino ficaram com os quenianos Geofry Kipchumba e a atleta Janet Masai.

Vencedor de cinco edições da Corrida de Reis, o queniano Edwin Kipsang também subiu ao pódio, ao conquistar a terceira colocação.

Em segundo lugar ficou Joseph Panga, da Tanzânia.

Único brasileiro entre os cinco primeiros finalistas, o mato-grossense Wendell Jerônimo ficou em quarto lugar. Segundo os organizadores, desde 2015 ele finaliza a prova entre os 10 primeiros.

Já entre as mulheres, além de Janet, subiram ao pódio Emily Chebet, de Uganda, e Esther Kakuri, do Quênia. Elas ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Assim como no pódio masculino, o Brasil também conquistou o quarto lugar na categoria feminina. A vitória foi da corredora Tatiele Roberta.

De Limeira, no interior de São Paulo, ela disputou a prova em Cuiabá pela primeira vez e ficou apenas 34 segundos atrás da primeira colocada, segundo a organização da corrida.

O quinto lugar feminino foi de Sarah Kkiiti Sisi, da Tanzânia.

LEIA TAMBÉM

Corrida de Reis: após reclamação de atletas, organização promete melhorias

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

7 COMENTÁRIOS

  1. Parabenizar aos organizadores da corrida de reis 2020, porém com algumas criticas, como: horário de saída, muito tarde, sol já estava alto, ponto de água muito longe um do outro. O percurso muitas curvas e subidas. Espero que em 2021 poderemos estar melhor.

  2. Organização péssima.
    Faltou água, quando tinha era Água quente. Distância de um ponto ao outro incompatíveis. Medalha nem vou comentar.
    Largada 07.30 nessa lua, só pode ser coisa de quem nunca morou aqui.
    Um funil na primeira marcação, chega a ser ridículo.
    O que era pra ser uma festa foi sofrimento pra muita gente, tem pessoas de idade, crianças, pessoas especiais, etc.
    Se for falta de recurso, que cobrem uma taxa de hidratação pelo amor do bom senso né.
    Parabéns aos que conseguiram se superar nessa prova de resistência, paciência e desidratação.

  3. Ja fui em muitas corridas de reis . DE LONGE ESTA FOI A PIOR ORGANIZAçÃO que vi. A mudança do percurso foi ruim, rua estreita as vezes meia pista, poucos pontos de água apenas 2/ água quente. A chegada pra pegar a medalha um tumulto. Não tinha água pessoas passando mal. Realmente esperamos melhorias e RESPEITO PARA COM OS ATLETAS.
    Ah sim eu paguei 100 reais a INCRICÃO pra que mesmo ?
    LAMENTAVEL!!!!!!!

  4. Corro a dez anos esta prova e esta foi a pior. parece que estão regredindo. simplesmente impossível este percurso você não consegue correr só desviando o tempo todo, sem falar na dispersão aquilo não existe. espero que melhore e muito e não se esqueça que acabou o horário de verão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuer suas fotos em uma exposição? A Maratona Fotográfica está com inscrições abertas
Próximo artigoSobe para 10 número de pessoas que podem ter sido intoxicadas por cerveja