Coronavírus: renda de mais da metade das famílias cuiabanas foi afetada

Segundo levantamento, 56,3% das famílias da Capital tiveram a renda reduzida por causa da pandemia

(Foto: Agência Brasil)

O cuiabano tem sentido no bolso os reflexos do coronavírus. Cerca de dois meses após o início do isolamento social, mesmo com a retomada das atividades de alguns setores, o cenário ainda é de incertezas.

Uma pesquisa divulgada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) revelou que 56,3% das famílias da Capital tiveram a renda reduzida, por causa da pandemia.

Dos trabalhadores da iniciativa privada, 44,2% relataram que a renda da família foi impactada.

O percentual sobe para 60% se tratando de prestadores de serviço, autônomos e profissionais liberais; e para 71,5% entre os aposentados.

Para o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja, a crise causado pelo vírus é nítida. Por isso, ele defende a liberação de crédito facilitado como forma de incentivar a economia.

“Sem renda, a economia não gira. Existe um papel importante de conscientização da população quanto às medidas de biossegurança. De outro, há o papel de entes públicos e privados que possam, de fato, gerar ações e mecanismos que cheguem a quem precisa, dentre estes destaco o crédito facilitado”, avalia.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGuardiões da Saúde: universitários criam HQ com heróis que combatem o coronavírus
Próximo artigoQual é o seu foco?