Coronavac tem taxa de eficácia real de apenas 50%

Os dados desanimadores foram divulgados pelo próprio Instituto Butantan

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Na tarde dessa terça-feira (12), em coletiva de imprensa, o Instituto Butantan apresentou a taxa de eficácia geral da Coronavac como sendo de 50,38%. Os dados foram considerados desanimadores quando comparado aos de outras vacinas.

Na semana passada, o instituto Butantan havia divulgado o Número 78% de eficácia, mas na verdade, esse número referia a um recorte do grupo de voluntários que manifestaram casos leves de Covid, mas com necessidade de atendimento médico.

Tendo eficácia em pouco mais de metade dos vacinados, o índice da vacina está no limite mínimo exigido pela Anvisa para aprovar um imunizante. Apesar da baixa efetividade, é provável que o medicamento seja aprovado.

Na coletiva, o diretor médico de pesquisa clínica Ricardo Palácios justificou a eficácia menor da vacina. De acordo com ele, o ensaio clínico foi conduzido apenas com profissionais de saúde, mais expostos ao novo coronavírus.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a vacinação começará esse mês no Brasil. Ainda de acordo com Bolsonaro, o medicamento será distribuído pelo SUS, mas não será obrigatório.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Pow, não precisa ser incrivelmente inteligente pra saber que uma eficácia de 50% é extramente animadora.
    Ou seja, 50% de vc não sentir nada e 100% de vc não ir para a UTI. Pode me ver 5 dessas aí que tomo tranquilo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVárzea Grande quer comprar vacina
Próximo artigoCovid-19: Anvisa alerta para venda de vacinas falsas na internet