“Convoca ou sai”

Filiados ao DEM querem reunir grupo daqui duas semanas e iniciar articulações para 2022

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) disse que o presidente dos Democratas, Fábio Garcia, deverá se decidir se quer continuar ou não no comando do diretório estadual do partido. 

O motivo da irritação é a ânsia dos filiados pelo início de conversas para a campanha de 2022. Eles planejam se reunir daqui duas semanas para dar o pontapé inicial nas negociações, porém Garcia está resistente. 

“Se ele não quiser se reunir, então terá que deixar a presidência; aí, ele escolhe. Não dá para esperar mais. Concordo que agora é preciso esperar passar a pandemia mais um pouco, mas daqui duas semanas já dará para nos reunirmos”, disse. 

Conforme divulgado pelo LIVRE, líderes democratas começaram a pressionar Fábio Garcia há algumas semanas, com críticas diretas e indiretas. Hoje, Botelho disse que outros partidos queimaram a largada, mas o DEM estaria ficando para trás de qualquer maneira. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorR$ 418 milhões: ex-deputado, ex-secretário e procuradores viram réus por improbidade
Próximo artigoCPI vai mostrar o que alguns fizeram com “bilhões entregues pelo governo”, diz Bolsonaro